Moradores do Butantã organizam abaixo-assinado contra desmatamento na USP

Na mesma semana em que São Paulo aparece dentre as 300 cidades mais poluídas do mundo, a USP anuncia o desmate de 1.328 árvores perfeitamente saudáveis nos próximos meses.

A área equivale à do Parque Trianon e será destinada à construção de museus, que poderiam ser erguidos em outro lugar no próprio campus. Para ambientalistas, as mudas que serão usadas para “compensar” o desmate somente trarão benefícios climáticos equivalentes aos das árvores que serão dizimadas daqui a 30 anos. E a fauna que nelas vive, obviamente, jamais será “compensada”.



Ajude-nos a evitar mais este duro golpe contra a natureza, o clima e a cidade. Um golpe contra todos nós.

Assine a petição abaixo:


http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N14633





Deixe seu comentário