Obra irregular desaba no Butantã

Uma obra irregular em construção desmoronou na avenida Corifeu de Azevedo Marques, no Butantã, zona oeste de São Paulo, no começo da tarde desta quarta-feira.

O coordenador da Defesa Civil de São Paulo, Jair Paca de Lima, confirmou que a obra estava irregular. “Eles não podiam estar construindo. Vamos verificar a parte documental, pois no começo do ano foi feita uma interdição parcial da obra.”

Cinco viaturas do Corpo de Bombeiros, duas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e cães farejadores foram encaminhados ao local para o resgate, mas, segundo o capitão dos bombeiros Walmir Magalhães, as informações apontam que não houve vítimas. “Eram sete funcionários na obra e eles foram almoçar no momento do desabamento.”

O capitão também comentou sobre os possíveis motivos da queda. “Infiltração de água, material de má qualidade, falta do muro de arrime (feito para segurar barrancos em ladeira) e terreno instável são os principais motivos.”



Fabiana Stoianov, 37 anos, que mora em uma das seis casas afetadas, contou que já estava preocupada. “Por volta das 9h de hoje eu avisei o proprietário da obra que o meu muro estava com fendas e o chão estava cedendo. Ele disse para eu ficar tranquila que o chão não ia ceder.”

A Defesa Civil interditou as residências que estão acima do terreno e foram afetadas pelo desabamento. As casas tiveram a energia cortada.

Segundo Fabiana, a obra está acontecendo há cerca de 2 anos e que já tinha desabado outra vez. Os moradores das casas interditadas serão levados pela prefeitura e a Defesa Civil para abrigos.

A CET faz um desvio na altura do nº 2144 da avenida para entrar na rua Maria José Monteiro, pegar a rua Francisco Pugliese e depois retornar para a Corifeu de Azevedo Marques.

Os bombeiros esperam o trabalho da retroescavadeira para tirar os escombros e confirmar que não houve vítmas.

Fonte: Portal Terra



Deixe seu comentário