Restaurante chinês é alvo de arrastão e dois são presos no Butantã

Dois homens suspeitos de fazer um arrastão num restaurante chinês no bairro Butantã, na Zona Oeste de São Paulo, foram presos neste domingo. Eles foram identificados porque um deles usava um óculos de grau roubado de um dos clientes. A polícia não encontrou as armas usadas pelos bandidos.

Os ladrões entraram no restaurante na hora do almoço. Cerca de 30 pessoas estavam no local. Armados, eles fecharam a porta e anunciaram o assalto. A ação foi rápida: pegaram o dinheiro no caixa e passaram de mesa em mesa roubando os clientes. Eles pediam dinheiro e levaram também relógios e óculos.

– Era um 38, pelo tambor dava para ver que estava carregado, a munição bem perto mesmo. Ele estava tremendo muito, fiquei com muito medo de disparar no meu rosto. Isso foi o mais assustador – contou um cliente.

Os dois homens fugiram no carro de uma das vítimas. Foi pela descrição de um óculos de grau roubado que a polícia identificou os ladrões.


– Uma das vitimas disse que, assoprando a lente, a marca apareceria – diz um policial.



O arrastão em restaurantes tem assustado os paulistanos. Foram 15 casos desde fevereiro passado. Na semana passada, dois foram presos.

Fonte: O Globo

Restaurante chinês é alvo de arrastão e dois são presos no Butantã
Avalie!




Deixe seu comentário