Cai número de pontos de alagamento em São Paulo, incluindo região do Butantã

Às 8h10, três pontos permaneciam ativos na capital, todos transitáveis.
Cidade está em estado de atenção desde as 5h50 desta segunda (14).

O Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) registrava três pontos de alagamento ativos em São Paulo, todos eles transitáveis, por volta das 8h10 desta segunda-feira (14). A chuva forte que atingiu a cidade de São Paulo a partir das 5h30 deixou toda a capital em estado de atenção às 5h50. Houve queda de granizo na região do Butantã, na Zona Oeste, às 5h45.

Segundo o CGE, os pontos de alagamento são:

  • Marginal Pinheiros, pista local, sentido Castello Branco, 50 metros antes da Ponte dos Remédios.
  • Marginal Pinheiros, pista expressa, sentido Castello Branco, 200 metros antes da Ponte Roberto Zuccolo.
  • Marginal Tietê, pista local, sentido Castello Branco, na alça de Acesso à Ponte Atílio Fontana.

Outros dois pontos que prejudicaram a passagem durante o início da manhã já tiveram sua situação normalizada. Um foi registrado na Praça Apecatu, perto da Avenida Queiroz Filho, na região da Lapa, também na Zona Oeste. O outro, na Avenida Eusébio Matoso, sentido Centro, perto da Praça Jorge de Lima. Ambos tiveram a situação normalizada às 6h18.



Às 6h30, em São Paulo, a intensidade da chuva começava a diminuir e variava de leve a moderada. A temperatura na capital era de 22ºC. Nesse horário, pancadas de chuva forte atingiam as cidades de Suzano e Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo e a Baixada Santista.

A previsão é que o tempo continue instável na região metropolitana ao longo do dia porque uma frente fria se aproxima de São Paulo e traz muitas nuvens carregadas. Os temporais podem vir a qualquer hora.

Com o tempo mais fechado, a temperatura cai um pouco. A máxima prevista é de 26ºC na capital. Na terça-feira (15), o tempo esfria e a chuva continua na Grande São Paulo.
Fonte: G1



Deixe seu comentário