Chuva provoca o tranbordamento do Rio Pinheiros e alaga região do Butantã

Voltou a chover forte na tarde deste domingo em São Paulo, principalmente na zona Oeste e zona Sul. O Rio Pinheiros transbordou na altura da Ponte da Cidade Universitária e deixou as regiões de Pinheiros e do Butantã em estado de alerta. A chuva também caiu forte nas regiões do estádio do Morumbi e da Pompeia, que ficou alagada nas proximidades do estádio do Palmeiras. Também foram invadidas pelas águas a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), na Vila Lepoldina, e o barracão da escola de samba Pérola Negra, na mesma região. No Butantã, um desmoronamento em uma casa teria deixado uma pessoa soterrada.

No estádio do Morumbi, o clássico entre Palmeiras e São Paulo começou uma hora mais tarde do que o previsto. A drenagem do gramado não suportou o grande volume de chuva que caiu na região e o campo ficou alagado por volta das 16h.

A circulação do Metrô na linha Leste-Oeste e a de trens da linha 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), entre as estações Lapa e Barra Funda. foi interrompida. Toda a cidade está em estado de atenção desde 15h35m. Foram registrados pelo menos 46 pontos de alagamento, 12 deles intransitáveis.



Em Carapicuíba, na Grande São Paulo, um carro caiu em um córrego perto do hospital Vila Dirce. Informações preliminares dão conta de que uma vítima estaria no veículo. Houve também alagamento no Jardim Rochdale, em Osasco. Em Barueri, ainda na região metropolitana da capital paulista, pessoas ficaram ilhadas em um ônibus e uma idosa teve de ser resgatada de bote pelo Corpo de Bombeiros.


Na capital paulista, por prevenção, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) interditou os túneis do Anhangabaú, no Centro, e Fernando Vieira de Mello, na Zona Sul. Na Marginal Tietê, no meio da chuva, o helicóptero Águia da PM teve de pousar para ajudar uma mulher em trabalho de parto.

Usuários de outras linhas da CPTM também tiveram problemas. A circulação chegou a ser interrompida na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana) e aconteceu de forma alternada na estação Barra Funda, para usuários do ramal Luz-Jundiaí, onde uma das vias está alagada.

A chuva começou por volta das 14h05m, quando o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) colocou as zonas Norte e Leste e a Marginal Tietê em estado de atenção. Vinte e cinco minutos depois, foi a vez da Marginal Pinheiros e da Zona Oeste entrarem na mesma situação. A Zona Sul e o Centro entraram em atenção às 14h48m e a Zona Sudeste, às 15h35m.

Fonte: O Globo





Deixe seu comentário