Grupo de Teatro da Poli Butantã

O GTP – Grupo de Teatro da Poli Butantã é um grupo de teatro não profissional que existe desde a década de 40, na Escola Politécnica da USP e pertence ao Departamento de Cultura do Grêmio Politécnico.

O Grêmio atualmente é o sustentáculo financeiro do GTP, pois propicia a remuneração necessária aos profissionais da área de artes cênicas que faz parte do Grupo: uma coordenadora e quatro diretores de núcleo. Em 2011 o GTP mudou sua coordenação, depois de sete anos consecutivos.

Grupo de Teatro da Poli Butantã

O Grupo de Teatro da Poli entrelaça e aborda várias formas de teatro e montagens, buscando sempre uma humanização e comunicação com o mundo que nos cerca. Anualmente, esses projetos de pesquisa são alterados, criando ao longo dos anos, uma visão mais ampla do teatro. O GTP e seus diferentes núcleos estão ancorados por profissionais e pessoas com respeitada experiência no fazer teatral.


Origens da arte teatral

Existem várias teorias sobre a origem do teatro. Segundo Oscar G. Brockett, nenhuma delas pode ser comprovada, pois existem poucas evidências e mais especulações. Antropólogos ao final do século XIX e no início do XX, elaboraram a hipótese de que este teria surgido a partir dos rituais primitivos. Outra hipótese seria o surgimento a partir da contação de histórias, ou se desenvolvido a partir de danças, jogos, imitações. Os rituais na história da humanidade começam por volta de 80.000 anos AC.

O primeiro evento com diálogos registrado foi uma apresentação anual de peças sagradas no Antigo Egito do mito de Osíris e Ísis, por volta de 2500 AC, que conta a história da morte e ressurreição de Osíris e a coroação de Horus. A palavra ‘teatro’ e o conceito de teatro, como algo independente da religião, só surgiram na Grécia de Pisístrato (560-510a.C.), tirano ateniense que estabeleceu uma dinâmica de produção para a tragédia e que possibilitou o desenvolvimento das especificidades dessa modalidade. As representações mais conhecidas e a primeira teorização sobre teatro vieram dos antigos gregos, sendo a primeira obra escrita de que se tem notícia, a Poética de Aristóteles.



Aristóteles afirma que a tragédia surgiu de improvisações feitas pelos chefes dos ditirambos, um hino cantado e dançado em honra a Dioniso, o deus grego da fertilidade e do vinho. O ditirambo, como descreve Brockett, provavelmente consistia de uma história improvisada cantada pelo líder do coro e um refrão tradicional, cantado pelo coro. Este foi transformado em uma “composição literária” por Arion (625-585AC), o primeiro a registrar por escrito ditirambos e dar a eles títulos. As formas teatrais orientais foram registradas por volta do ano 1000 AC, com o drama sânscrito do antigo teatro Indu. O que se pode considerar como ‘teatro chinês’ também data da mesma época, enquanto as formas teatrais japonesas Kabuki, Nô e Kyogen têm registros apenas no século XVII DC.

Grupo de Teatro da Poli Butantã Preços

Os preços variam de acordo com os espetáculos escolhidas. Você pode consulta-los acessando o Facebook ou site do local.

Vagas Grupo de Teatro da Poli Butantã – Trabalhe Conosco

Se você tem paixão pelo que faz e garra para alcançar seus objetivos, junte-se ao time do Grupo de Teatro da Poli Butantã.  Para alcançar seu objetivo de negócios, a empresa procura os melhores talentos e profissionais que queiram crescer continuamente com a empresa. Você se encaixa neste perfil? Acesse o site da empresa e envie o seu currículo.

Horário de Funcionamento Grupo de Teatro da Poli Butantã

  • horário varia de acordo com o espetáculo, verifique a programação do Teatro para confirmar o funcionamento.

Endereço e Telefone Grupo de Teatro da Poli Butantã

  • Tv. 2 – Butantã – São Paulo – SP
  • Telefone:  (11) 3091-5467

Mapa de localização





Deixe seu comentário