Polícia investiga assalto com reféns em supermercado no Butantã

A Polícia Civil de São Paulo procura os bandidos que roubaram o hipermercado Extra da Rodovia Raposo Tavares, no Butantã, na Zona Oeste da capital na madrugada desta sexta-feira. Não havia clientes na unidade no momento do crime

Segundo a Polícia Militar, dois bandidos fortemente armados renderam um funcionário enquanto ele fechava o portão principal do estabelecimento. Depois, levaram a vítima para o subsolo, onde estavam outros funcionários do hipermercado, que também foram rendidos. Enquanto isso, diversos outros assaltantes entraram no Extra usando coletes a prova de bala, roupas escuras e capuzes. Eles arrombaram seis caixas eletrônicos e levaram o dinheiro que havia neles. Também roubaram televisores, aparelhos de som, celulares e notebooks que havia no hipermercado.



Os ladrões foram até a tesouraria do estabelecimento e obrigaram uma funcionária a abrir o cofre, de onde levaram dinheiro. Segundo a secretaria de Segurança, o equipamento que controla o circuito interno de segurança foi roubado e, por isso, a polícia não terá imagens do crime para analisar.

Antes de fugir, a quadrilha ainda amarrou todos os funcionários com fitas adesivas e os trancou em uma sala.

A polícia vai ouvir representantes do supermercado e de bancos para saber o valor levado do estabelecimento e dos caixas eletrônicos. Ninguém foi preso até o momento. Ninguém ficou ferido. O caso está sendo investigado pelo 51ºDP.

Fonte: O Globo



Deixe seu comentário