Diário de Anne Frank ganha exposição inédita no CEU Butantã

Os relatos mais impressionantes já revelados sobre a perseguição nazista ganham vida no “Diário de Anne Frank”. A obra é composta pelos registros de Annelisse Maria Frank, uma adolescente alemã de origem judaica que contava experiências vividas por sua família que à época da 2ª Guerra Mundial se escondia da perseguição alemã.

Anne se tornou famosa pelas memórias póstumas do diário que escrevia durante a adolescência. O conjunto de relatos da garota – que aos 15 anos de idade foi vítima do holocausto e morta em campo de concentração – foi publicado em 1947 e está entre os livros mais importantes do século XX.



A vida e o diário da garota que fez parte da História da Alemanha, e do mundo, ganham exposição inédita no CEU Butantã. De 03 a 10 de junho, o Centro Educacional Unificado exibe dezenas de painéis com documentos, textos, cartas e fotografias. A exposição tem como tema central o sofrimento e suplício da Família Frank sob o julgo nazista, e convida o espectador a reflexões acerca dos horrores transmitidos por Anne até ser descoberta pela Gestapo.

Serviço


Local: CEU Butantã
Endereço: Av. Eng. Eitor Antônio Eiras Garcia, 1840, Bairro Butantã
Telefone: 3732-4514
Horário: 8h às 20h
Evento gratuito

Fonte: Prefeitura de São Paulo






Deixe seu comentário