Seis veículos da polícia são danificados durante confronto na USP

Seis veículos das polícias Civil e Militar foram danificados durante a manifestação ocorrida dentro da Universidade de São Paulo (USP) na noite desta quinta-feira (27), de acordo com o boletim de ocorrência registrado na Central de Flagrantes da 3ª Seccional. Os alunos invadiram o prédio da administração da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) após confronto com a PM.

O conflito teve início após a prisão de três estudantes que portavam maconha no campus da universidade, no bairro Butantã. Os alunos foram detidos por volta das 19h por policiais militares. Segundo a PM, eles estavam próximos a um carro, onde foi encontrada uma porção da droga. No momento em que os policiais foram levar o trio para o 91º DP, onde a ocorrência seria registrada, estudantes das faculdades os impediram. Os três, então, foram levados pelos colegas até um dos prédios.



Quando finalmente os alunos eram conduzidos para a delegacia, os estudantes cercaram o carro da Polícia Civil. Houve bate-boca. Alunos jogaram um cavalete de trânsito em cima dos policiais, que reagiram com golpes de cassetetes e bombas de gás lacrimogêneo. Estudantes começaram, então, a jogar pedras e dar chutes nos PMs. Carros da corporação e de estudantes foram atingidos.

O delegado José Carlos Gambarini, da Central de Flagrantes da 3ª Seccional, informou que vai instaurar inquérito para identificar os responsáveis por depredar o carro da Polícia Civil – os outros cinco eram da Polícia Militar. “Vamos buscar fotos e identificar os responsáveis para que eles respondam por danos ao patrimônio público”, disse o delegado.

Fonte: G1



Deixe seu comentário